O blog das mamaes no Reino Unido

O que fazer quando o seu filho/a e um bully

Muito se fala das criancas que sofrem de bulling na escola, nos parques, no clube, como elas sofrem, como se sentem diminuidas e fragilizadas, porem e quando o caso e ao contrario, quando e o nosso filho/a a causar a dor em outra crianca, o que fazer nesta hora?

A primeira imagem que vem na nossa mente sobre a crianca que comete o bullying e aquele menino grande no parquinho que vive atazanando os menores, tirando vantagem do seu tamanho ou aquela crianca que tem problemas em casa e vive descontando nos outros. E dificil de imaginar que o nosso pequeno/a  seria capaz de fazer tal coisa e doloroso ate, aceitar que ele/a possa ser um bully, mas, a verdade e que qualquer crianca pode se tornar um.

Bater, empurrar, insultar ou ate mesmo atraves de msn, emails ou em redes sociais, qualquer crianca pode se tornar um bully dependendo da oportunidade e circunstancias.

Segue algumas dicas para ajudar no caso do seu filho/a esta sendo um/a bully:

  • Entenda a situacao antes de tomar qualquer atitude:  Aconteceu algo diferente que esta tornando o seu filho/a mais agitado e nervoso? Sera uma atitude em relacao a alguem que vem lhe perturbando?  Converse com amigos e na escola para tentar entender o que se passou e obter mais informacoes.
  • Tenha uma conversa sobre bulling e as suas consequencias: Hoje em dia e um assunto abordado abertamente, mas, nao assuma que seu filho/a sabe o que e e entenda perfertamente que esta se portando como um.
  • Ensine o valor da simpatia em relacao aos outros: Sentimentos como simpatia pela dor alheia e muito importante. Quando a crianca se poe no lugar da outra, tentando sentir a sua dor por ser excluido, machucado fisicamente ou ignorado, ela tem menos chance de se tornar agressiva em relacao aos outros.
  • Faca a crianca se responsabilizar pelos seus atos: Mesmo que a desculpa seja que nao tinha culpa, que so estava copiando os outros do grupo, ou sendo pressionada a agir de tal maneira, por exemplo,  e fundamental que a crianca entenda o que a sua atitude pode ter causado em outra crianca e que nao ha justificativa nenhuma para o bullying. Faca a crianca entender que o que fez nao e correto, admitir o erro se possivel, se desculpar verdadeiramente com a vitima.
  • De exemplo: A maneira como voce se comporta e a sua atitude sera uma reflexao nas atitudes do seu filho/a.  Como voce se comporta em relacao aos outros, os trata com respeito mesmo que nao concorde com eles? Voce tem uma atitude de compaixao com os problemas alheios?  Se voce for uma pessoa que tem respeito pelo proximo, menos chance tera o seu filho/a de se tornar agressivo.
  • Considere buscar ajuda psicologica: Se o seu filho/a mesmo assim ainda tiver dificuldades em lidar com a sua raiva e agressividade e so se sentir melhor descontando nos outros, entao  ajuda psicologica  sera uma boa opcao. Eles poderao comecar ensinando a crianca como se relacionar com outras de uma maneira mais gentil e positiva.

 

Leave a Reply