O blog das mamaes no Reino Unido

Criando Brasileirinhos Mundo Afora: Alemanha

Mais uma mamae brasileira deixa aqui  a sua estoria  de como e criar os filhos em um pais que nao o Brasil.  A querida Georgia, que mora na Alemanha ha muito tempo vai dividir com a gente um pouquinho da sua experiencia.

Fale brevemente sobre voce e o que a levou a morar no pais aonde esta:

Vivo na Alemanha desde maio de 1994. Conheci meu esposo no Rio de Janeiro quando ele foi lá pela 3° vez em 1993. Vim à  Alemanha umas 3 vezes antes de me decidir ficar. Pois, nao dava para ficar vivendo de ponte aérea, rs. Em novembro de 1995, nos casamos.

Quantos filhos tem e qual a idade deles?

Nós temos o Daniel que nasceu em 1999 e a Viviane que nasceu em 2004.

Como e ser uma mamae brasileira no pais aonde mora? Aponte semelhancas e diferencas se comparado a mamaes locais.

Aqui mae tem mesmo que ser mae, pois nao dá para se ter uma babá por aqui. Quando você ainda tem parentes por perto dá para deixar algumas vezes a crianca com a avó ou a tia por exemplo. Mas já na 3° vez elas vao logo nos dizendo para encontrarmos outra solucao porque os filhos delas já estao criados. Nao é como no Brasil que a gente pode contar com a família. Eu nao passei por isso, pois como vivemos longe de toda a família sempre tivemos que contar um com o outro. Mas sei de casos de arrepiar.

Com quantos anos a crianca comeca a escola e qual o horario escolar? A crianca come na escola ou leva lancheira de casa? Escola particular ou publica?

A escola primária aqui comeca aos 6 anos; até entao a crianca ficou 3 anos no Jardim de Infância. A escola primária leva 4 anos como a nossa. Escola particular aqui nao sobrevive. Até tem, mas esta é para pessoas de um poder aquisitivo muito alto. Geralmente todas às criancas vao para a escola ou Católica ou da Cidade. Ali temos todas as criancas: tanto filhos de médico, como filhos daquela que limpa os escritórios. A escola é para todos. Algo curioso na Alemanha que eu acho é: Se você nao avisa que seu filho está dias doente; a escola manda a polícia na sua casa para saber o que está acontecendo.


Voce trabalha ou e mamae em tempo integral? Voce tem empregada/diarista – como e a sua rotina emprego/escola/casa?

Eu trabalho de casa.  Ajudo a fazer o imposto de renda; eu separo as notas por assunto: correio, posto de gasolina, material para escritório, etc. Toda essa contabilizacao sou eu quem faco e entrego pronto até dia 10 de cada mês para a pessoa que vai mesmo fazer a parte mais grossa do Imposto de Renda. Trabalho algumas horas e eu decido quando.
Nao tenho diarista e nem empregada. Elas sao caríssimas e nao dá para bancar. Eu faco mesmo tudo aqui em casa; e também no nosso jardim. Prá isso meu dia comeca por volta das 6 da manha. Assim tenho tempo para blogar e ler o que gosto.

Que lingua e falada na sua casa, no caso do seu marido nao ser brasileiro?

Aqui em casa falamos às duas línguas. Meu esposo mesmo sendo alemao fala muito bem o português e ele faz questao das criancas falarem a minha língua.

Os seus filhos falam portugues? Como voce passa a cultura brasileira e a lingua para os seus filhos?
Sim. Um dia falamos alemao e no outro português. Ou misturamos às duas línguas; perguntamos em português e se responde em alemao e vice e versa. Mesmo assim; às criancas têm dificuldades em manter um diálogo em português, porque nao temos quase contato com outros brasileiros.  Mas bastam 2 dias no Brasil para a língua fluir maravilhosamente bem.

Como sao comemorados os aniversarios infantis no pais aonde mora?  Voce celebra o dos seus filhos “a brasileira”?
Geralmente alemao nao faz muita festa para as criancas. Se a crianca está fazendo 5 anos, eles convidam 5 criancas; é por ai a coisa.
Aqui em casa é bem brasileiro e a casa fica cheia de criancas. Elas adoram os brigadeiros e eles já sao tradicionais; eu faco tudo para a festinha; as decoracoes fazem o maior sucesso por aqui. Depois, com alguns pais fazemos um churrasco, o que para eles também é uma novidade.

 

Como voce lida com a falta da familia por perto ( pelo menos da sua parte se nao tiver ninguem)? Com que frequencia voce leva os seus filhos ao Brasil?

Nós nao temos ninguém por perto, como já expliquei. Sinto que as criancas sentem falta do contato com os avós; mas por causa do trabalho do meu esposo vivemos bem longe dos pais dele.  Nós vamos a cada 4 anos ao Brasil. Pois, como compramos a nossa casa as coisas ficaram meio apertadas por aqui e fora disso fazer férias no Brasil para nós é realmente uma maratona. Uma parte da família vive no Rio de Janeiro e a outra em Natal; e ai é só um corre-corre para visitar os parentes.

Voce cozinha culinaria brasileira? Que tipo de pratos voce faz em casa para a familia? Voce encontra ingredientes como por exemplo, polvilho, para fazer pao de queijo, aonde mora?

Eu cozinho muito variado; pois adoro cozinhar. As criancas comem de tudo, todas as saladas e todos os legumes; nao cozinho nada a parte para eles. Mas percebo que o feijao preto nao é muito do paladar deles nao; entao só comem o caldinho, mas comem.


Voce faz parte de alguma comunidade (aonde mora) de mamaes brasileiras que se reunem para comemorar datas e passar a cultura brasileira e lingua portuguesa para as criancas?

Nao faco nao. Primeiro pela falta de tempo, segundo porque dá muita fofoca e eu detesto essas coisas. Entao prefiro ficar na minha. Mas temos muitos DVDs em português para eles, muitos CDs com musiquinha infantil e ai vou dando o meu jeito por aqui.

Por favor, deixe uma mensagem para as outras mamaes que tambem estao criando brasileirinhos mundo afora

Nao gosto muito de dar conselhos, rs. Mas para vivermos bem em qualquer lugar devemos seguir as regras da casa. Aprender a língua é fundamental; a cultura do lugar e fazer amizades com as pessoas do local.

Ann, obrigada pelo convite. Adorei a entrevista. Um abraco grande Georgia Aegerter.

Querida Georgia, eu e que agradeco por voce ter dividido conosco um pouco da sua rotina e maneira de viver. E sempre um prazer ouvir estorias como esta, aonde apesar dos muitos anos fora, a cultura brasileira ainda vive.  Parabens!

A Georgia e quem escreve o blog Saia Justa, passem la!

 


3 Responses to Criando Brasileirinhos Mundo Afora: Alemanha

  1. Ivana says:

    No inicio deste mês, tive a feliz oportunidade de visitar a Georgia na Alemanha. Posso afirmar que ela é uma mulher admirável, além de ter uma família linda! E isso não é nenhuma rasgação de seda, não.
    Georgia, realmente cuida de uma casa grande ( e muito bonita ) sozinha, tem de fato um jardim maravilhoso e que floresce pelas suas mãos; e na sua casa fala-se os dois idiomas. Os filhos são um capitulo a parte: bonitos, educados, estudiosos…
    Georgia rege a própria casa e a família como a uma orquestra: com firmeza e delicadeza ao mesmo tempo. Tem a disciplina de uma alemã e a doçura e receptividade típicas do povo brasileiro.
    Georgia, querida. Pra mim, você é um grande exemplo de mulher!
    Minha irma de alma, minha amiga que aprendi a amar ;-)
    Beijos e parabéns pela entrevista!

  2. Hey, Ivana, agora fiquei emocionada e sem graca, rs, com esses elogios.

    Fico feliz que vc gostou de nos conhecer porque nós também como já te disse.

    Vem dessa vez conhecer o frio e a neve por aqui, vem,, rs.

    Ann, obrigada pela entrevista. E agora só está faltando vc vir.

    Bjao

  3. Ann says:

    Oi Georgia,

    Te respondo por email. Nos devemos passar ai na volta…me espera que eu vou haha
    bj

Leave a Reply