O blog das mamaes no Reino Unido

Hirsutismo e o aumento excessivo de pelos na mulher

hirsutismo

Esta semana tem se falado nas noticias sobre Hirsutismo. Para os que como eu, que  nem imaginavam que crescimento excessivo de pelos nas mulheres tinha nome proprio, esta ai a definicao.

Foi dito que na maioria das vezes, as mulheres demoram muito tempo ate procurarem ajuda medica, tendo como primeiros passos tratamentos esteticos. Porem, entre 5 e 15% das mulheres com pelos em excesso devem a causa a alteracoes hormonais e segundo os medicos nao devem se sentir envergonhadas e sim procurar auxilio.  A causa mais frequente do hirsutismo de origem glandular e a sindrome dos ovarios policisticos afetando entre 70 e 80% das mulheres, alem de disfuncao da tiroide e ate o uso de alguns medicamentos.

Casos leves  podem ser tratados com tratamentos esteticos, mas, os mais severos necessitam de tratamentos hormonais como a pilula anticoncepcional por exemplo.

185 Responses to Hirsutismo e o aumento excessivo de pelos na mulher

  1. sadra says:

    eu tenho esse problema e morro de vergonha…e muito caro a laser nao tenho possibiidade…

  2. Ane says:

    Meninas!
    Assim como a maioria de vcs, já sofro há muito tempo com o excesso de pelos. E o que mais me entristece é já ter passado por vários médicos e nenhum se empenhar em resolver definitivamente o meu problema.Tomei Diane 35 desde os meus 15 anos, eu ainda nem tinha iniciado a minha vida sexual, mas a ginecologista receitou para regular a minha menstruação e resolver o problema dos pelos. Mas na verdade nunca senti tanto efeito assim. Há +ou- 5 meses faço o uso do Aldactone 100mg ao dia e senti que meus pelos afinaram um pouco, mas ainda preciso retirar pelos duros e grossos do queixo todo santo dia. Mas uma coisa é certa meninas, mulheres que apresentam mais pelos do q o normal é porque estão com taxas de hormônio masculino elevadas. A testosterona é diretamente responsável por fazer nascer e engrossar os pelos. Uma pena q muitos médicos achem que mulher peluda “é normal”.

  3. Fernanda says:

    Olá meninas
    Realmente este excesso de pêlos é cansativo mesmo.
    Meus problemas começaram quando tinha 07 anos, comecei a ter um desenvolvimento precoce, me sentia muito envergonhada, pois as meninas da minha idade eram todas “miudinhas” e eu antes dos 10 anos, já parecia uma adolescente. Aos 12 anos pelos nos braços, pernas e um pouco no rosto, começaram a se tornar mais visíveis, grossos e escuros para meu desespero. Tinha vergonha de usar bermudas, saias etc… Testei todos os métodos de depilação, descoloração. Aos 17 anos comecei sentir dores abdominais e descobri a famosa SOP (sindrome dos ovarios policisticos), a parti daí comecei a fazer acompanhamento médico com Anticonc. específico, senti os pêlos reduzirem, a olesidade da pele diminuir, também consegui perder peso, mais ou menos uns 20kg na época. Para as meninas que são jovens, não se desesperem os pÊlos vão diminuindo com o tempo, hoje estou com 31 anos, já não tenho tantos como tinha aos 12. 15, 17. Claro que no rostoó único método eficaz é laser, mas tem saber muito bem com quem vai fazer. para pernas par quem depila com aparelho, li numa revista q é bom passar um pouquinho de condicionador para pele deslizar, usar cremes, pomadas, gel a base de camomila, coisas que aliviem a irritação da pele. Não sou médica, nem dermatologista, mas já testei tanta coisa. As vezes ainda sofro com pêlos encravados nas pernas, algo que persite, este ainda não descobri nada eficaz ainda. Mesmo indo em dermatologistas, ainda não acertam. Abraço a todos

  4. Aline says:

    Poxa , eu pensei que fosse só comigo !
    Mais lendo esses comentários percebi que não é só eu que sofro com esse problema . Isso me deixa muito mal , deixo de fazer varias coisas devido a esse problema , não namoro porque tenho vergonha , não saio de casa p nada , sofro demais e o pior é que ninguem entende :/ acho que tenho Hirsutismo :’(

  5. Eliza says:

    Olá, meninas, tenho 18 anos e venho aqui hoje compartilhar com vcs a minha situação, nao muito diferente.
    Desde sempre tenho uma quantidade de pelos um pouco exagerada pelo corpo todo, isso sempre me assombrou bastante, passei a notar quando estava na quinta série. Todas as quinta-feira tinhamos aulas de educação fisica e o uso de roupa de ginastica era obrigatório, foi a partir daí que comecei a sentir vergonha do meu corpo, eu sempre evitava ir nesses dias ou entao sempre tinha uma desculpa em mente para poder evitar o uso dessas roupas. Quando me dei conta que eu era diferente das outras meninas, porque quando eu as olhava nao via a mesma quantidade de pelos como eu tinha. Entao comecei a me depilar, com gilete mesmo, e a situação só piorou, comecei a perceber que meus peloes estavam engrossando bastante e as pessoas notavam e olhavam, sempre senti muita vergonha, nao usava short se eu nao estivesse bem depilada, nem minha mae eu deixava ver. Sinto nojo do meu corpo por ser assim, cheio de pelo.
    Agora aos 18 que me dei conta que pode sim ter uma solução, ou não, mas irei tentar, porque nao quero ficar o resto da vida me escondendo e evitando ir ao club e a praia, queria só usar um biquini bonito e me sentir uma mulher de verdade, estou cansada de chorar todos os dias por causa desse problema. Fui ao ginicologista e ela me receitou o anticoncepcional Diana 35, espero que pelo menos aminize a quantidade de pelos, ainda irei procurar ajuda mais eficaz.
    Meninas, nao percam as esperanças, estamos no século XXI e já há solução para tantas doenças, e, porque nao para hirsutismo.

  6. tati says:

    olá gente eu tenho o mesmo poblema e ñao consigo engravidar quero muito ser mamãe

  7. Mara says:

    Olá meninas, sofro bastante com tudo isso, é tanto pelo indesejado pelo corpo inteiro!!! A verdade é que sempre me senti inferior as outras mulheres e até pensei que nunca encontraria alguém que gostasse de mim do jeito que sou, até conhecer meu namorado. Já temos 2 anos e ele acha lindo os pelos, sendo que eu odeio cada pelo do meu corpo. Como não tenho dinheiro para resolver os meus problemas eu vou tomando algumas providências para amenizar o caso como:
    -Pinto os pelos do braço no mínimo todo mês. É mito, isso não engrossa os pelos;
    - Depilo a metade da perna, é a única dor suportável e sempre esfoliando, pois só agora começou a diminuir os pelos encravados;
    - E o resto do corpo passo máquina quase zero de cortar cabelo, para deixar os pelos bem curtos. Infelizmente não dá para ir a praia, mas dá para usar shorts e saias pois os pelos ficam bem discretos.

    OBS: Essas são medidas paliativas, pois já fiz depilação de luz pulsada e não adiantou muita coisa, fui ao ginecologista e ela disse que está tudo normal… Tenho esperanças que ao tomar anticoncepcional isso diminua, pois a minha irmã mais velha teve problemas semelhantes ao meu e foi diagnosticada com ovario policistico usou anticoncepcional por um bom tempo e sempre fazendo depilação de cera hoje ela não tem quase nada!!

  8. Jessica says:

    Eu nem sabia o nome do meu problema, nem era para eu estar aqui comentando, mas depois de ler os comentários fiquei encorajada. Tenho 17 anos e sofro muito com o excesso de pelos por todo o corpo (inclusive no rosto, onde eles são mais finos, porém em grande quantidade). Nunca uso short, saia ou qualquer peça que mostre minhas pernas. Sempre que depilo com cera em 2 dias cresce tudo de novo e começa o meu sofrimento. Não tenho meios monetários para fazer depilação a laser. Já sofri bullying na escola, fui chamada de zoboomafoo, fiquei muito mal. Eu não pedi pra nascer assim… Dá vontade de chorar quando eu vejo as outras garotas de saia no verão e eu de calça jeans. Eu sei que preciso procurar um médico, mas tenho muita vergonha de pedir ao meu pai (não tenho mãe, e pra piorar sou a unica mulher da família). Ninguém pode me ajudar no momento, infelizmente! Só queria desabafar mesmo. Um grande beijo.

  9. Lenna says:

    Infelizmente não tem cura. Já tomei diane 35 + glifage, durante 3 anos.
    Belara + espirolactona durante 2 anos. Parei porque fiquei com hemangioma no fígado. Depois comecei a tomar um remédio manipulado + espirolactona e nada. Faço depilação nas pernas com satinelle e três dias depois os pelinhos voltam a crescer. Antes de sair, todos os dias, verifico meu queixo, para ver os pelos. Conclusão: O tempo passa e eles aumentam. Faço depilação no buço com linha. Enfim, assim vou levando a vida.

  10. tenho 52 anos e desde que entrei na menopausa ,isso a 05 anos…venho apresentando acentuada queda de cabelos na região frontal e ta ficando fino e ralo,tem caido bastante.tenho um mioma significativo porém a ginecologista me disse que num tem nada a ver,ja que o que irriga o mioma e o sangue e como não menstruo mais….o clinico geral me disse que é hisurtismo..sou tecnica em enfermagem e confesso..não tinha conhecimento dessa patologia,estou aguardando a liberação dos exames que o endocrinologista pediu pra fazer..mas parece que é só tratamento pra minimizar os sintomas e que num tem cura.boa idéia do blog..vamos divulgar esse incomodo .

  11. Nella says:

    Meninas. Ninguém vai gostar da minha resposta, mas esta é a mais pura das verdades: não há solução eterna para o hisurtismo. Mas não desesperem.

    O hisurtismo (ou excesso de pêlos), como muitas sabem, é um dos sintomas mais frequentes do ovário policístico que cria um desnível na produção de hormonas. Toda a mulher produz hormonas masculinas, mas no caso de quem tem esse problema, um dos ovários funciona como que “a meio gás” e cria esses excessos (a hormona masculina pode até estar inactiva no sangue, mas não tem um adversário a sua altura que a destrua). Outros sintomas do OPC é a obesidade (ou magreza extrema), queda do cabelo, diabetes, falhas de menstruação, dificuldade ou impossibilidade de engravidar — é mau, eu sei, mas não somos as únicas sofrendo.

    Aconselho a todas as meninas a procurarem um endocrinologista com quem possam falar à vontade sobre este assunto. Ele deverá marcar uma data de exames e depois, dependendo dos resultados, aconselhar o tratamento. O tratamento se faz sempre com recurso a medicamento (pílula contraceptiva) mas é preciso você lembrar que esta é apenas um incentivo. Os pêlos não desaparecem por si só.

    O laser ajuda mais do que nós pensamos. Ajuda no combate à baixa auto-estima. Nos casos mais severos o laser não tem como acabar com os pêlos definitivamente porque o problema é “interno”, no ovário mesmo. Mas isso não quer dizer que não ajude mesmo no tratamento da pele. Regra geral, o pêlo demora mais tempo a crescer e a pele vai perdendo oleosidade, torna-se até mais macia, mesmo quando o pêlo volta. Para quem não pode recorrer a este método, há outras formas como a foto-depilação que são, por norma, mais baratas (mas aí só resulta com os pêlos bem escuros e peles claras).

    O laser é uma medida que recomendo para quem tem pêlo no rosto, porque realmente não há nada pior do que isso para deitar a auto estima de uma menina bonita na lama. Para além disso, usar cera quente em zonas como o pescoço dói bastante e nem toda a esteticista faz isso. Se for numa zona maior então aconselho a cera quente. Eu comecei a fazer com cera nas costas quando tinha 16 anos e o resultado foi gradual mas de sessão para sessão notava-se logo a diferença. Agora já nem faço. Nas pernas o resultado não é tão rápido mas com alguma persistência (há quem faça de 4 semanas em 4 semanas) o pêlo também vai crescendo mais lentamente. Mas isto é a matemática da depilação.

    ATENÇÃO: NUNCA em circunstância alguma, use lâmina de barbear no rosto, nas costas ou na barriga! Aliás, a barriga é um sítio perigoso. É muito chato mas o melhor é usar cera quente no “corredor” do umbigo e de resto alourar. No verão, com o pêlo louro, ao sol, isso nem se nota e depois fica morena e disfarça bem. Agora, fique bem longe da lâmina. O pêlo cresce mais grosso, mais rapidamente, com mais força. O único sítio onde você pode usar a lâmina é nas pernas (mas só em caso extremo) e axilas (se você tiver fazendo laser tem até quem recomende, às vezes, usar lâmina porque chega a uma altura em que o pêlo tá muito, muito fino e o laser não detecta mais).

    Eu compreendo que no verão se torne impossível sair à rua com os pêlos, até porque nas alturas de mais calor (altas temperaturas) o poro tem a tendência de dilatar e, por definição, surgem mais pêlos. Por isso é tão importante ter uma pele hidratada naturalmente. Não estou a falar de cremes mas sim de beber muita água, muitos líquidos, e de ir as vezes que forem precisas ao banheiro (rsrs, retenção de líquidos é o pior). O único creme que você devia pôr na cara é o protector solar. Mesmo no inverno essa é a melhor protecção. Muitas vezes os cremes hidratantes ou para curar o acne ou diminuir os pêlos ou o que seja são uma besteira. Outras vezes eles contêm ingredientes que você nem sabe se estão ajudando realmente ou fortalecendo essas coisas.

    Uma ALIMENTAÇÃO CUIDADA é essencial. Doces até que é bom comer né, mas tente evitar os fritos, as gorduras, os refrigerantes. Coma verdura. O corpo começa a respirar de forma saudável, a pele fica mais bonita (muito bom para quem sofre do acne). Exercício também é bom mas nem sempre possível. Talvez umas caminhadas ao ar livre? Mas a alimentação é algo que você pode e deve sempre tentar melhorar.

    Há quem fale de um novo negócio para o hisurtismo, beber chá de hortelã. Eu confesso que ainda não experimentei mas tudo o que é natural só pode ajudar a melhorar. É um apontamento que deixo aqui para quem quiser experimentar, eu inclusive.

    Meninas, vocês têm que se sentir BEM no vosso corpo. Como eu disse, o controlo hormonal com recurso a medicamento é só um incentivo clínico, não é a solução. Dizem que na puberdade as hormonas andam aos saltos. Isso é verdade e por isso também estes problemas começam, geralmente, a surgir por essa altura. Muitas vezes esperamos que passe quando chegamos nos 20 mas a verdade é que, se continuamos acordando e dando de cara com os pêlos, nunca nos vamos sentir bem com nossa aparência, vamos viver na ansiedade, nunca saindo da puberdade (em sentido figurado, claro). Por isso eu digo que não é só a depilação ou a pílula, é também uma boa alimentação, cuidados com o corpo e com a pele.

    Eu sofro muito com os pêlos, como disse, desde meus 16 anos. Foi a pior fase da minha vida. Meti-me com um garoto idiota, estava de mal com a escola, queria fazer algo completamente diferente da minha vida. E depois apareceu isso. Morri. Emagreci feito esqueleto, no verão usava ganga, cabelos compridos para tapar o rosto, passei 3 anos sem ir à praia (estava de mal com a minha aparência no geral). Minha esteticista me ajudou muito e me mostrou como tem tanta garota passando o mesmo. Não posso dizer que hoje ando super à vontade porque seria hipócrita. Faço laser no rosto mas tem sempre a altura do verão onde eles voltam em força e tento fazer o mais rápido possível. E ainda alouro os braços porque me incomoda um pouco, mas não tanto como naquela altura.

    Aos 19 anos encontrei o meu actual namorado. Sabe qual foi o segredo? Começámos por ser amigos primeiro. Isso é essencial. Eu nunca falei do meu problema com as minhas amigas do secundário, mas quando comecei a namorar com esse menino eu sabia que o importante era a amizade por trás de tudo. Então eu falei-lhe do que é o hisurtismo e disse-lhe que sofria bastante com isso. Vocês não precisam largar ninguém por causa dos pêlos, muito menos impedir que isso vos faça felizes ao lado dele ou dela. O importante é encontrarem alguém em quem possam confiar, que vos ame muito. Agora para isso vocês têm que tentar se sentir o melhor possível com vocês mesmas… e eu também claro. Abraço a todas.

  12. Elisiane says:

    Também tenho esse problema eu acho,porque tenho muito pelo em todo canto,como não tenho condições de fazer tratamento a laser,só me resta usar o estojo de barbear,pior é que tenho alergia,mas isso não impede de seguir a minha vida e sonhar,dias melhores virão,vamos crer.

  13. Juliane Carolina Ferreira de Sousa says:

    Estou surpresa com tudo que acabei de ler acima ,eu também estou sofrendo com esse sério problema a tempo mas Deus me deu um namorado que me ama é meu amigo e me aceita nos aceitar é muito importante mesmo…

  14. Nanda says:

    Olá meninas… Tenho 15 anos e acho q tenho esse problema, pq td q ta falando nesse texto acontece comigo. Tenho muitos pelos, nas pernas não me incomoda, gosto de shorts e não as depilo, as vezes que depilei foram umas duas vezes para experimentar, mas decidi assumir as pernas peludas (sou loura então acho que disfarça), os pelos q me incomodam são os do rosto e da barriga em baixo do embigo, estão muito grossos, horrivel, desde de criança que sou peluda, mas antes dos onze não era feio. Eu tinha uns pelos no rosto como se fosse um cavanhaque, mas finos e loiros normais, mas já tinha espalhados no pescoço alguns fios pretos, me lembro desses fios pq uma vez uma amiga tentou arrancar pesando que era um pelo que tinha caído no pescoço, aí quando ela puxou n saiu… um tempo depois um colega comentou desse meu covanhaquezinho, mas não chego a ser um comentario maldoso, pois ele tava falando do rosto das meninas. Mas pra mim me pareceu estranho pq esse comentário só foi feito comigo, aí q tive minha pior idéia passei a gilete. Foi a pior coisa que fiz pq se eu não tivese passado estaria com menos força ou não teria estimulado o crescimento de mais. Mas foi só algumas vezes poucas no maximo 5 dpois disso, comecei a experimentar varias formas de depilação, já comprei umas ceras frias, daquelas p buço, mas me deu um tipo de alergia q deixou meu rosto com feridas, também já usei aqueles cremes depilatórios, eram bons mas não resolviam, deixavam minha pele sensivel e no dia seguinte já estavam crescendo de novo e só pode reaplicar depois de no minimo 3 dias, agora eu tiro o que posso com uma pinça, o que na minha opnião deixa com um ar mais natural pq os pelos saudaves ficam. Mas nenhuma desses metodos funcionaram perfeitamente, sempre ficam uns pelos que espetam e isso é o que me faz lembrar a todo momento dessa esquisitise. Na barriga eu ainda passo a gilete. Esses pelos estão me incomodando muito, agora eu namoro e mesmo que meu namo me chame pra sai e eu possa i eu muitas vezes não saio pq só saio com ele se for marcado com pelo menos um dia de antecedencia p da tempo de fazer o possivel pra deixar a pele melhor… Gostaria de conversa com alguém que passe pela msm situação que eu. Quem puder conversar pfv avise nos comentários que dou um jeito de me comunicar… tenho e-mail, face ou qualquer app de andróid ;) obg

  15. Mara says:

    Meninas, eu sofro do mesmo e gostava de falar com alguém que está a passar por isto, por isso vou deixar aqui um mail, para que possam mandar mensagem para desabafar e partilhar o que sentem, pois é bom podermos falar com alguém que nos compreende e sabe pelo que estamos a passar .
    mail: maramonteiro08@gmail.com
    beijinho para todas **

  16. Dai Neves says:

    Olá meninas, hoje, depois de ler esses depoimentos acima, chorei muito. Pensava que isso era só comigo. Pensei que Deus me escolheu para ser a unica bizarra do mundo. Já sofri muito com isso, teve um período no colegiado que umas meninas descobriu este excesso de pelo ( entre meus seios) foi horrível, pois zombavam de mim, inclusive comentavam isso em enquete no orkut, pensei por diversas vezes em me matar por este motivo. Tenho esta doença desde meus 10 anos, mas com o tempo só foi aumentando e aparecendo em outros locais. Atualmente com 20 anos, tenho na barriga,penas, na virilha, no pescoço e um pouco no rosto. Nas penas passo a gilete, mas no pescoço passo um creme depilatório de 7 em 7 dias. Toda semana quando faço isso, me sinto como um homem fazendo a barba. SENSAÇÃO HORRÍVEL.
    A menos de três meses descobrir através de um medico em um exame demissional que este excesso de pelos era uma doença e que tinha nome e tratamento. Foi o dia mais feliz da minha vida.
    Procurei um endroquinologista que passou uma bateria de exames, já marquei, estou na expectativa de não ser infértil e poder tratar. Meu ginecologista me passou um aticonsepcional, te uma semana isso, tou tomando.
    Sempre tive muita vergonha de mostrar a barriga, e, em alguns dias chorava muito por conta das pessoas que percebiam fazerem chacota. Minha mãe me ajudou muito, ainda que não soubesse que era uma doença, sempre me deu muita força. Desabafo muito com ela. Já eté imaginei que nunca fosse ter um namorado sério, pois pensava que ninguém iria querer namorar comigo. Hoje tenho um namorado, temos juntos 1 ano e meio. Logo quando o conheci, não deixava que ele tocasse em minha barriga e nem beijasse meu pescoço, com o tempo, passamos apenas namorados para tbm amigos, ele ja tinha percebido esses pelos em minha barriga mas ele não tinha me dito. Depois de um tempo passamos a falar sobre o assunto, e ele me deixava com minha auto-estima muito elevada, pois não só dizia que não se importava, quanto me dizia que eu sou linda como sou e que me ama apesar de tudo isso. Quando soube que era uma doença falei com ele, e ele tem me ajudado muito com palavras de incentivo, assim como minha mãe. Isso tem sido muito importante para mim nessa nova etapa de minha vida.

    Nanda, tenho enterresse em conversar com você!

  17. Cristina says:

    Nossa então não é so eu no mundo, com esse problema, já fui chingada de macaca e outros nomes q prefiro não falar, sofro com o hisurtismo desde de os meus 17 anos, mas agora to com 28 e as coisas estão piores, tenho q tirar meus pêlos do rosto todos os dias, pois são muitos grossos, é terrivel meu dilema, mesmo sendo assim eu trabalho, estudo namoro, mas é complicado as vezes eu me escondo, eu odeio os meus pêlos, já fiz deplação a laser, até diminui por um tempo, mas é muito caro e não tenho mas como pagar, mas é tão ruim a sensação de todo mundo te olhar por causa desses malditos pêlos.

  18. Ju says:

    Vamos lá. Eu me identifiquei com muitos comentários daqui do blog. Já fui a Ginecologista para saber mais o que estava acontecendo, mas nunca concluir todos os exames. Cheguei a fazer ultrassonografia para ver se tinha a síndrome dos ovários policisticos e estava tudo normal. Quando eu era mais nova sentia muitas cólicas devido ter ficado mocinha muito cedo, desde os meus 11-12 anos sofro com espinha, (Que hoje estão mais amenizadas) pelos em excesso e não consigo engorda, sempre fico abaixo do peso. Eu tenho pelos por toda parte do corpo, o único lugar que não tenho muito pelos é nas costas. Embora no rosto sejam finos, eles crescem em grande quantidade, eu tenho pelos até no pescoço. Sempre tive mais pelos do que as demais meninas… Com 10 anos os pelos já me incomodavam, a situação piorou depois que comecei a descolorir los frequentemente e isso fez os pelos crescerem mais e mias. Hj com 15 anos já tentei vários métodos, já usei laminas, cremes, e foto depilação ( o que resolveu um pouco, mas os pelos persistem) Hoje faço depilação com cera em casa e é o que mais funcionou, pois os pelos demora um pouco mais de tempo para crescer. Emfim, é uma luta constante. No verão eu sofro muito com isso, pois não posso nem pensar em usar vestidos, shorts, saias… Sempre uso calça. Quando vou a praia também sofro muito, pois tenho marcas de depilação na virilha e isso me incomoda por de mais. E sempre tenho que usar short pra ir a praia. Odeio. A muito tempo deixei de ir com frequência a rua! Fico aliviada em saber que posso trocar e expor experiencia com quem passa por essa situação.

  19. Dany says:

    Nanda meu problema é identico ao seu

  20. waldenice says:

    tbm tenho problemas com pelos, morro d vergonha! mas ja to procurando orientação medica…

  21. Cris says:

    Boa tarde meninas! Estou pensando em fazer um grupo fechado no face para falarmos sobre o assunto, discutir nossos dilemas e acharmos um tratamento adequado, o que acham? aguardo resposta de vcs. Ah o grupo terá um nome discreto para que ninguém saiba do que se trata e só serão aceitas pessoas indicadas. Gostaram da ideia?

  22. Cris says:

    Meninas, procurem no face pelo grupo Hirsutismo: tratamentos e desabafos :) Já criei o grupo

  23. Nicole says:

    Sofro com o hirsutismo desde os 8 anos ja procurei ajuda mais nunca fiz tratamento . Tenho pelos por todo o corpo principalmente na face, faco depilacao com cera quente e cremes , hj tenho 19 anos consegui “sem querer” engravidar e meu filho com 2 meses ja esta com muitos pelos inclusive na face e nas costas.. Quem puder me informar se tem tratamento para bebês ,desde ja agradeço

  24. tassiane says:

    oi meninas não resisti e decidi deixar meu comentário
    bom estou com 24 anos, tenho problemas com pelos desde os meus 6 anos mais ou menos, quando começou a nascer muito pelos em minha perna e braços , minha infância e adolescência foram muito traumáticas
    eu praticamente era isolada lembro na escola quando criança sempre usava moletom e calça para disfarçar os pelos, ainda que eu estudava no período de manhã.
    quando dizia para minha mãe ela pensava que era normal e nunca deu bola … nem imaginava meu sofrimento
    quando entrei na adoslecência, foi pior porque os pelos começaram a crescer na barriga e bumbum, uma verdeira ursa..
    hoje os pelos deram uma melhorada depois de varias depilações com cera desde os meus 15 anos, e fiz algumas depilações a lazer tambèm, que ajudou bastante, e pretendo continuar fazendo
    fui ao endocrinologista o mês passado , fiz exames de sangue , tenho excesso de androgenos no corpo, isso explica o excesso de pelos, não sei ainda porque tenho excesso de androgenos
    mais sei que o tratamento para hirsutismo é para a vida toda, e a melhor solução e o laser,e tratamento com remédio pode ser bom, mais a partir do momento que você termina o tratamento a grande chances dos pelos voltarem a crescer por ser uma disfunção hormonal crônica..
    nunca consegui te um relacionamento serio com alguém , era só eu perceber que o menino tava interessado e eu caia fora, sempre tive alguns rolinhos, e tomei muito cuidado para que ninguém percebesse, hoje me arrependo porque perdi grandes oportunidades, mais ficava tensa só de imaginar um namorado indo em casa e eu ter que falar pra ele amor vou ter que me depilar inteira pra gente pode sair…
    a um ano atras começou a nascer alguns pelos no meu rosto, não são grossos mais são compridos, então fiz o laser e fui na medica…

  25. Ydna says:

    Olá meninas! Desde os 16 anos sofro desse “mal”. Meu problema maior é no rosto e pescoço. Tenho barba e bigode como se fosse um homem. Meus pelos crescem tão rápidos que faço a depilação cedo e depois de umas 3 a 4 horas, os pelos já estão de volta apontando e lá vou eu de novo depilar. Isso é horrível, porque todo mundo olha e sempre tem uma piadinha de mulher barbada,etc e tal. Minha própria mãe tira sarro de mim e isso me deixa muito triste, com a estima lá em baixo. Não converso com ninguém sobre isso porque tenho muita vergonha. Choro direto perguntando “por que eu?”. Sei que muita gente sofre com isso, mas queria muito não ter essa doença :/ Não namoro, aprendi a trabalhar na internet para meu sustento para não ter que sair de casa e nas raras vezes que saio, procuro não demorar mais que 2h pois sei que passarei vergonha. Desculpem o desabafo.. Quando será que alguém vai estudar e procurar um método eficaz para essa doença?

  26. Nanda says:

    Oi meninas estou muito feliz por vcs se enteressarem em conversar comigo vou deixar meu email anandasimplicio.ac@gmail.com. Oi cris amei sua ideia de criar um grupo no face vou procurar agora. Meninas p finalizar eu ao contrário da cris tenho essa síndrome do ovário policistico oq me deixou pior n sei se realnente é tão ruim mas junto com os pelos nessa doença vem outros sintomas nada mais assustador q os pelos, q me deixaram triste mas eu tive começo dedepressão e contínuo depressiva me da muito desânimo de sair. Continuo namorando e meu namorado agnt ta enfrentando junto esse e outros problemas mas sobre esse só disse a ele q tenho um problema no ovário q deixa o meu corpo doido tenho muita vergonha dos pelos msm embora eu saiba q ele percebe pq ele presta muita atenção em mim e de uma forma carinhosa ja fez comentários. Só sei q independente de qualquer coisa q ele diga como q eu sou perfeita eu me sinto triste por isso pq tds nós somos lindas e tenho certeza q tds se Por que comigo? Se nao fosse isso. Essa é as frases q n sai das nossas cabeças mas n desistam e indico a tds procurar uma endócrina ou ginecologista e meninas saibam q n são as unicas outras meninas passam pela msm coisa até msm fora desse blog procurem um medico boa sorte a tds outra coisa cobrem explicação fo médico isso é muito importante

  27. Nanda says:

    Ops ao contrário da ju

  28. Nanda says:

    Cris n achei o grupo então entre em contato comigo pelo meu email q já deixei

  29. Soraia says:

    Olá meninas sofro do mesmo problema desde os 17 anos hoje tou com 22 e já nao sei o que fazer. gostaria de fazer parte do grupo privado para falar com alguem que entenda a minha situaçao. beijinhs

  30. Danny says:

    Boum diante desses relatos eu ate melhorei. Boum hoje eu tive uma consulta com o genecolofista e fiquei um pouco triste pois estou com disfuncao hormonal quando comecei a suspeitar que era isso ja comecei a ficar triste porque eu naum queria ter isso e pior sao os sitomas e o que mai me chamou a atencao foi o aparecimento de pelos no rosto como quando um adolescente ta criando barba so que os pelos sao bem fininhos. Eu namoro e tenho muiita verginhae acho q meu namorado ja percebeu esse pelinhos. E agora tou com medo de remoovelos com cera quente e nascerem mais ou mais grossos. O medico me receitou acho que um aniconcepsional. Tudo que eu queria era que esses pelos sumissem. :(

  31. fernanda says:

    Meninas é muito triste esse problema sofri durante 20 anos com isso, acredito ser um tipo leve mas me encontrava muito encomodada
    principalmente no rosto, mas como mágica pra mim um milagre comecei a fazer uso do chá de hortelã e meus pêlos do rosto diminuíram 80% uns não crescem mais, foram afinando até sumir, fiz uma sessão de luz pulsada na parte do queixo e precisa do folículo piloso para poder fazer efeito e acreditem com o passar dos dias pararam de crescer.. Nem tem como fazer as outras sessões.. To muito feliz olho no espelho o dia todo e não acredito… Meninas tentem o chá de hortelã tomo 2x no dia e com um mês de uso já vi resultado, e comecei a usar o chá de calêndula muito ruim mais também ta me ajudando muito… Os pêlos do corpo todos diminuíram e afirnam….. Desejo q
    faça pra vocês o mesmo q fez pra mim bj grande

  32. Marina says:

    Chorei lendo os comentários :( Sofro com esse problema desde sempre, lembro que com uns 8 anos já tinha pelos nas axilas e pernas com o tempo só foi aumentando também. às vezes sinto tanta raiva dos meus pais por não terem me levado ao médico logo que esse problema começou… talvez tivesse evitado tanto sofrimento. Hj estou com 20 anos minha auto-estima é baixíssima, só ando de cabeça baixa com medo que as pessoas percebem o quão bizarra eu sou, sonho todos os dias com o dia em que me livrarei de todos esses pelos, mas sei que não há uma solução definitiva… se eu tivesse dinheiro nem me importaria em fazer todos os meses, se preciso, depilação à laser ou seja lá qual for. eu só queria ser normal, não me permito sair ou fazer amizades por causa disso, tô tõ triste

  33. Liz says:

    É muito triste ler todos estes comentários e se ver em cada um deles… Chorei com vocês.
    A uns dois anos conheci a página mas não tive coragem de comentar…
    Hoje com 25 anos e o mesmo problema de todas, não tem um santo dia na minha vida em que não pense se vale a pena continuar sobrevivendo desse jeito…porque a gente não vive… A gente se esconde, se fecha, não ama, não sai, não vai à praia, pavor que alguém perceba, tem vergonha de olhar alguém na cara, desvia o olhar, tem medo de ser amada porque sabe que é uma fraude. Como alguém pode gostar de mim se eu odeio cada parte desse corpo que mais parece o de um macaco?
    E quando as pessoas que se interessam por você e voce tem que fugir? E quando conhece alguém especial e tem que abrir mão porque sabe que só se interessa por não saber de verdade o que sou… ainda mais nos dias de hoje em que aparência é tudo… Como alguém conseguiria conviver comigo sem ter nojo? Como falar e ficar esperando que a pessoa saia correndo… Me mataria ainda mais por dentro.
    Eu só queria ser normal, parar de testar tudo que leio na internet e não tem resultado.
    Diante 35, ginecologistas sem um pelo no corpo te dizendo que ser peluda é normal. Endócrinos que não te dão nenhuma atenção…
    E o laser? Graças a Deus depois de muito tempo estou tendo condições de pagar pelo menos sessões de rosto, barriga, pernas e virilha.. Uma verdadeira fortuna e após 4 sessões ainda tenho MUITOS pelos, não sei se vai ter algum resultado… Terei que pagar mais e fico pensando no resto do corpo, prq pêlo não me falta… O laser Melhora enquanto vc esta fazendo mas se fica um pouquinho mais de tempo sem fazer já começam a nascer…
    Chá de hortelã, chá de casca de barbatimão, já fiz de tudo…
    Agora vou tentar um tal de pomada BIOXET e espero não ser mais uma decepção na minha vida, mas sinceramente não tenho muita esperança.
    Já não tenho mais alegria e nem esperança… passo os meus dias a pensar nas limitações, em tudo o que eu queria fazer e viver se não fosse uma aberração. Queria muito falar para termos força e confiar mas seria hipocrita! :(
    Já pensei em suicidio… É horrível viver se odiando, abrir mão de amar, de olhar alguém nos olhos… Fugir das pessoas, ter vergonha de si mesma…
    Começarei com ajuda psicológica, vou fazer minha primeira sessão mas na verdade vou por obrigação pois não vai me ajudar, ninguém pode me ajudar…
    A medicina inventa solução pra tudo ligado à estética, menos para acabar com essa praga chamada pêlo! Parece conspiração..
    Acho que estou ficando louca já, mas enfim só posso desejar dias melhores, vidas melhores, que por algum milagre da natureza a gente consiga uma cura, uma libertação… E que seja acessível e não mais um meio de exploração. Que possa viver e deixar de passar os dias a se esconder, que possa amar acreditando merecer receber amor em troca, admiração, atração…
    Que a gente possa colocar um short um biquíni e ter um dia normal, no sol, na praia, sem ter que se raspar toda e ainda ficar cheia de manchas e cicatrizes por fora e por dentro, acabada como mulher…
    Fiquem em paz, desculpem meu depoimento desanimador…

    Bjos,

  34. Maria says:

    Oi meninas sei que não serve de consolo mas minha situação não é diferente e as vezes acho que sou a unica com esse Problema, me sinto uma aberração da natureza as pessoas me olham com muita insistencia no rosto curiosidade porque não é algo comum.E isso me faz sentir o pior ser da face da terra.
    Já tentei várias coisas para esconder só que o meu queixo está ficando escuro de tanto pelo e isso atrai mais ainda o olhar das pessoas, já fiz a laser mas não resolveu por fim agora estou fazendo vários exames pra saber a verdadeira causa do problema e minha esperança no momento é a Vaniga feita no EUA é um valor alto mas eu confesso que estou disposta a pagar só pra levantar minha alta estima que está lá em baixo .

  35. Beatriz says:

    Gente To muito impressionada com tudo q eu li , n achava q vcs mulheres sofriam com isso eu sou transsexual , tenho 19 anos sempre fui um menino com pouco pelo , aos meus 16 anos começou o problema fui no ginecologista , tomei muito hormônios e exclusive meu seio cresceu de hormônios já meu pelos diminuíram muito , mais n deixou de nascer , sempre depilei com satinele , mais como sou muito branca fica 1 dia toda vermelha , meu namorado nunca percebeu , pq fazia as depilações de madrugada , ou anoite , quando n estava com ele , sempre tive muito pelo nas pernas e no queixo , é muito branca o pelo bem preto era horrível , começava a encravar sofri muito , com meus 18 anos comecei a fazer luz pulsada especial onde eu fiz 1 ano , como tomei remédios e nunca adiantou e sem contar que eu nasci homem , sumiu hoje n tenho nada , minha pele tá bebe , o laser ajudo até em manchas poros entupidos em tudo , em meninas não sofrem procurem uma clínica mais próxima e com um preço legal compensa e o único método pra esse malditos pelos , se voltarem é só fazer o laser novamente , pq gente os outros procedimentos , mancha a pele e sem contar q auto estima nossa fica lá no chão é horrível , e meninas no corpo usem o satinele ou a cera , e no rosto fazem o laser , e isso e bota gente ser feliz homem n importa com isso não , se importasse n teria tanto gay no mundo e os homens abandonando as mulheres

Leave a Reply